Quando a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabeleceu que o chocolate brasileiro precisava ter, no mínimo, 25% de sólidos totais de cacau, há 10 anos, a qualidade dos produtos caiu, pois eles ganharam mais açúcar e gordura.

 

chocolates gourmet

 

Contudo, de um tempo pra cá, o consumidor está mais exigente e busca cada vez mais chocolates de melhor qualidade. E para aproveitar essa tendência, várias empresas brasileiras começaram a produzir o que chamam de “chocolates gourmet”, que tem maior teor de cacau, melhores ingredientes e qualidade compatível com os de países com teor mínimo de 40% de cacau.

 

“Esse movimento começou quando as pessoas ganharam mais poder aquisitivo e passaram a viajar mais e a experimentar o chocolate mais fino“, afirma Ubiracy Fonseca, vice-presidente de chocolates da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab).

 

No início, as marcas importadas começaram a investir mais no consumidor brasileiro, mas hoje, as nacionais estão reagindo fortemente no mercado. Um exemplo é a rede de chocolaterias Cacau Show, que importou equipamentos da Bélgica para fazer aqui, em sua fábrica de Itapevi (SP), chocolates gourmet. “É um maquinário igual ao que a Godiva usa”, afirma Alexandre Costa, presidente da Cacau Show, referindo-se à tradicional marca belga.

 

Segundo Alexandre, a tendência de sofisticação dos chocolates não é só um modismo. “A migração do consumidor para os chocolates premium é um caminho inevitável e sem volta”, conta.

 

Já a Nestlé, que já comercializa a linha Gold de chocolates importados da Suíça há alguns anos, pretende fabricar chocolates gourmet no Brasil. Na última Páscoa, a marca lançou, somente na cidade de São Paulo, um ovo especial, em parceria com a chef Carole Crema, dona da doceria La Vie en Douce.

 

De acordo com a Abicab, o mercado de chocolates gourmet não é tão grande (2% do mercado total de chocolates), mas está crescendo até três vezes mais que o segmento comum. “É pouco. Mas há três anos isso era zero”, relata Fonseca. Atualmente, o Brasil é o terceiro maior produtor de chocolates do mundo e está em quarto lugar em consumo.

 

Ficou otimista com as pesquisas e vai produzir chocolates gourmet? A Catral te ajuda com os melhores equipamentos, como esse fogão industrial!

 


fogao industrial
Fogão Industrial 2 Bocas Speed Fire Dako
Por: R$ 399,00 à vista
ou 10x de R$ 39,90 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 379,05 à vista

 

Confira outros produtos no nosso site: http://www.catral.com.br/.

 

Zé Catral
Fonte: Estadão.

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 15 de abril de 2013.