Comentários [0]

Uma pesquisa realizada pelo instituto americano IBISWorld listou quais negócios de varejo estão mais aquecidos no momento. Para concluir a lista, os pesquisadores avaliaram os custos da pequena empresa, as barreiras de entrada e a receita esperada para este ano. Apesar de focado no mercado americano, o levantamento pode servir de inspiração para os empreendedores que pensam em começar um negócio no Brasil. Vale lembrar que toda empresa deve ter uma intensa pesquisa de mercado e um plano de negócios bem elaborado para aumentar as chances de sucesso.

 shutterstock_56396686

Pneus

Pode parecer curioso, mas os pesquisadores justificam a colocação de uma loja de pneus na lista dizendo que os consumidores mudaram. Segundo o estudo, muito americanos adiaram a compra deste produto durante a crise e agora buscam opções mais eficientes. No Brasil, a demanda deve ser crescente também.

Bolsas e acessórios

As mulheres lideram o consumo no Brasil. Segundo uma pesquisa da Serasa Experian, elas são maioria nos quesitos alto poder de compra, bons salários e atividade de crédito. Por isso, negócios que focam neste público são, geralmente, bem sucedidos. Os pesquisadores indicam que lojas de bolsas, acessórios e malas tendem a crescer mais do que outros tipos de negócios neste ano, com aumento de 5,5% na receita.

Arte

Abrir um negócio de quadros de pintores famosos, por exemplo, não é exatamente simples. Mas há, sim, muito mercado para outros objetos de arte de luxo, segundo o IBISWorld. Geralmente, o aumento do poder de consumo e o aquecimento da economia ajudam este ramo. Para os pesquisadores, este setor têm poucos custos e não costuma exigir muitos funcionários. Espera-se 4% a mais de receita neste ano para este tipo de empresa. No Brasil, em especial, crescem também as lojas de artesanato. Produtos feitos à mão e regionais se destacam em lojas físicas e também na internet e têm atraído inclusive a atenção de investidores estrangeiros.

Móveis

Apesar dos preços nas alturas, o mercado imobiliário não para. Os pesquisadores acreditam que os consumidores mais confiantes no cenário macroeconômico tendem a comprar ou reformar seus imóveis. De acordo com a pesquisa, a receita destes negócios deve crescer 3,4% no ano, contra uma média história de 3%.

Comida

Os negócios gastronômicos estão atraindo cada vez mais público. Com mais poder aquisitivo, a população pode também permitir-se um jantar fora ou mesmo comprar um ingrediente especial. Segundo a pesquisa, o potencial das lojas especializadas em alimentos, como empórios, é forte. Com um aumento de faturamento esperado de 2,3%, os donos de lojas deste tipo devem ver um aquecimento também nos próximos anos.

Screenshot_4 Freezer Horizontal Dupla Ação 2 Portas 546L DA550B Metalfrio
Por: R$ 2.299,00 à vista
ou 10x de R$ 299,90 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 2.184,05 à vista

Fonte: exame.abril.com.br.

Confira outros produtos no nosso site: www.catral.com.br.
Zé Catral

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 26 de fevereiro de 2014.

Comentários [0]

Quer ganhar um dinheirinho extra no fim de semana ou ter o seu próprio negócio? A Catral te dá algumas dicas valiosas para ganhar dinheiro vendendo cachorro-quente em carrinho. Confira!

 

vender-cachorro-quente-carrinho

 

O primeiro passo para ter um negócio de cachorro-quente em carrinho é escolher um bom ponto. Para isso, analise a quantidade de pessoas que passam por determinado  lugar e o perfil delas, além dos horários de maior fluxo.

 

Além disso, é bom fazer um planejamento de todas as ações nos próximos meses e até anos, para conseguir controlar os ganhos e despesas e não ficar endividado ou ter problemas de organização. Uma dica é contratar um profissional para criar um Plano de Negócios eficaz para o seu caso.

 

Com o plano pronto, vá até a Prefeitura da cidade onde pretende vender seu cachorro-quente e informe-se sobre a documentação necessária para poder tocar o negócio em locais públicos.

 

Também é necessário ter um alvará da vigilância sanitária, que vai te explicar todas as normas de higiene. É bom lembrar que será necessário ter alguém trabalhando com você, já que quem cuida do dinheiro não poderá ter contato direto com a comida.

 

Quando toda a documentação estiver em ordem, é hora de escolher o melhor local para as vendas. Prefira lugares movimentados e próximos de escolas, casas noturnas e praças. Assim, você terá muitos clientes. A vantagem do carrinho é que você poderá mudar de ponto sempre que perceber uma baixa nas vendas. E, também, vender em shows, festas, jogos esportivos e outros tipos de eventos.

 

E para conquistar clientes e obter sucesso, invista em qualidade, sabor, limpeza e bom atendimento. Usar touca, luvas e uniforme é uma ótima forma de passar segurança para as pessoas que desejam comprar de você. Também é importante oferecer diversos tipos de acompanhamentos e bebidas, para que o lanche seja completo.

 

Na Catral você encontra um excelente e completo carrinho de cachorro-quente clicando AQUI. Além de estar com um ótimo preço, esse carrinho vem com 2 molheiras e chapa, todas aquecidas com queimadores individuais, depósito para pão, 3 molheirinhas e 1 caixinha para bisnagas de ketchup e mostarda. Aproveite!

 

Zé Catral

Fonte: Novo Negócio.

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 20 de junho de 2013.

Comentários [0]

Já tem a sua empresa e quer aumentar as suas vendas e, consequentemente, seus lucros? A Catral te mostra como vender mais. Confira!

 

como vender mais

 

Para aumentar as vendas é necessário, primeiramente, ter uma equipe de vendas especializada, que entenda bem dos produtos que você oferece. Para isso, invista em treinamentos e cursos, além de estipular metas e oferecer prêmios para os funcionários que mais se destacarem. “O empreendedor precisa mostrar que conhece e confia no que vende e passar isso para os outros”, afirma Luiz Cláudio Gomes, especialista em vendas. Com vendedores que conheçam bem os tipos de produtos oferecidos e o estoque, fica bem mais simples atender e até superar a expectativa dos clientes.

 

Crie um vínculo com seus clientes, buscando sempre entender e atender as necessidades deles, com bom atendimento, cordialidade e educação. “A venda deve ser uma parceria com o cliente”, ressalta Gomes.

 

Jamais minta. Isso talvez não seja fatal para uma venda, mas pode acabar com o seu negócio. “Tem gente que acha que mentir ajuda a vender mais. Isso é um erro”, afirma o especialista.

 

Ofereça um atendimento personalizado.  Tente, pelo menos, lembrar o nome do cliente durante todo o processo de vendas, principalmente se ele visita a empresa constantemente. “É importante porque mostra a atenção que é dada ao cliente”, diz.

 

Evite discordar do cliente.  “É possível não concordar sem bater de frente”, diz Gomes. Se o cliente disser que não gosta de um produto de determinada marca, não precisa concordar com ele, mas apenas ser simpático. “Basta dizer que outras pessoas também não gostam, mas que existem outras opções que podem agradá-lo.”

 

Fidelize o cliente, convencendo-o sempre a voltar.  Para isso, tenha um estoque pronto para atender a demanda. “O cliente volta quando encontra o que procurava”, explica o especialista. Além disso, invista num atendimento impecável, pedindo que o gerente converse com os clientes e pergunte como foi sua experiência de compra. E também, acompanhe o processo de pós-venda. “Telefone ou mande um e-mail para saber se o produto atendeu as expectativas”, sugere.

 

Gostou? Além de te ajudar com várias dicas, a Catral oferece os equipamentos mais modernos do mercado para equipar o seu negócio, como essa impressora fiscal e esse leitor de códigos de barras!

 

Zé Catral

Fonte: Dicas de Negócio.

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 19 de junho de 2013.

Comentários [0]

Quer abrir uma empresa, mas até hoje não conseguiu escolher um ramo que combine com você e que te faça feliz profissionalmente? A Catral te ajuda a escolher um tipo de negócio pra você. Confira!

escolher-negocio-encontrar-ramo-decidir-empresa (2)

 

Segundo pesquisa da revista Inc. com 500 empresas nos Estados Unidos, 71% das ideias de negócios são copiadas ou modificadas de um emprego anterior; 20% são descobertas por acaso; 5% foram descobertas relacionadas à revolução dos computadores e 4% foram descobertas através de pesquisas com o objetivo de encontrar uma ideia de negócio.

 

Para escolher bem um tipo de negócio, você precisa perguntar para si mesmo quais são os seus desejos pessoais e o que você deseja fazer, do que você gosta e quais são suas habilidades.

 

Com essas perguntas respondidas e bem resolvidas, você já terá um rumo e muito mais chances de ter sucesso na escolha do seu ramo de negócio, pois seus desejos pessoais vão aumentar sua motivação e ajudar a superar obstáculos no dia a dia da futura empresa, e suas habilidades vão te ajudar na execução das ideias.

 

O que você deve ter em mente é que o planejamento e as estratégias são as coisas mais importantes para o sucesso de uma empresa, independente do ramo. Por isso, contrate um profissional especializado, estude muito e crie um Plano de Negócios. Assim, ficará muito mais fácil fazer o negócio dar certo.

 

Gostou das dicas e conseguiu escolher um ramo de negócio pra você? Passe na Catral e conheça nossos produtos. Temos os melhores equipamentos para sua nova empresa, como essa impressora fiscal térmica e esse leitor de códigos de barras.

 

Zé Catral

Fonte: Novo Negócio.

Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 13 de junho de 2013.

Comentários [0]

Sempre que tem uma reunião ou almoço de negócios, você fica nervoso na hora de falar em público? Muitas pessoas tem se sentido assim por causa da mudança de hábitos da modernidade, em que todos mandam e-mails ao invés de telefonar e nem conversam mais com seus colegas de trabalho pessoalmente, mas apenas por bate-papo. Por isso, a Catral trouxe algumas dicas para te ajudar a perder o medo e falar bem. Confira!

 

business-negocios-empresarios-reuniao

 

Comece se apresentando. Diga claramente qual é o seu nome e sobrenome e o nome da empresa onde trabalha para os outros participantes da reunião.

 

Prepare-se com antecedência. Tente sempre ler jornais e revistas, e visite sites de atualidades, para estar preparado diante de diferentes assuntos iniciados por colegas.

 

Leia o jornal do dia. Assim, você já terá várias informações para começar uma conversa. Se não tiver o impresso, leia notícias no computador ou celular, mas mantenha-se informado.

 

Chegue antes e conheça as pessoas. Apresente-se para quem você não conhece, converse e construa relações de confiança. Assim, você ficará menos nervoso no momento da reunião.

 

Preste atenção na reunião e pense antes de falar. Em nenhum momento interrompa outras pessoas e deixe sempre que elas terminem de falar, para só depois dar a sua opinião.

 

São dicas valiosas, né? Aplique-as no seu dia a dia e você terá muito mais facilidade para lidar com eventos profissionais e reuniões.

 

Zé Catral

Fonte: Mulher. Terra.

Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 12 de junho de 2013.

Comentários [0]

Em uma panificadora, a organização é fundamental para deixar a produção mais ágil e para evitar desperdícios. Mas organização é mais que apenas determinar o lugar certo para cada coisa, ela deve começar pelos funcionários e se tornar uma rotina em todas as áreas da padaria.

Mantenha sua panificadora organizada com áreas de produção separadas para diferentes tipos de produtos – área de produção de pão francês, pães especiais, salgados, confeitaria gelada, e assim por diante. Caso seu ambiente seja pequeno, tenha ao menos uma área para pães e uma para confeitaria.

É interessante estabelecer lugares de fácil acesso para cada objeto, assim funcionários de turnos diferentes encontrem os produtos sem dificuldade. Outra forma de auxiliar na organização é distribuir quadros com orientações para a limpeza, organização dos produtos e embalagens específicas. Esses quadros servirão como exemplo para todos os funcionários.

Confira no artigo O lugar certo para cada coisa todas as informações a respeito do assunto.

 

Zé Catral
 
Fonte: SEBRAE
Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 2 de julho de 2012.

Comentários [0]

Confira, na dica de hoje, cases de restaurantes que começaram a prosperar após investirem no nicho das marmitas e o que você pode fazer para começar seu negócio.

 
Zé Catral
 
Fonte: Gestão de Restaurantes
Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 30 de maio de 2012.

Comentários [0]

Consumidores começam a privilegiar alimentos orgânicos. Segundo pesquisa Ibope, 68% dos consumidores brasileiros estão dispostos a pagar mais caro por um produto que não polui o meio ambiente.

Quer a sua fatia nesse filão? Veja aqui o que é necessário para montar seu restaurante natural.

 
Zé Catral
 
Fonte: Só Dinheiro
Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 25 de maio de 2012.

Busca
Mais consultados
Conheça o nosso site
Vídeos
Curta nossa Fanpage
Siga-nos no Twitter
Ofertas exclusivas por e-mail