Comentários [0]

A mesa em que será servida a ceia de Natal merece uma decoração temática bem caprichada. Para compor a produção natalina, sem precisar gastar muito dinheiro, confira algumas dicas práticas de decoração, que deixam o visual elegante e sofisticado, usando itens simples e fáceis de serem encontrados.

 shutterstock_154677023

Toalha de mesa

Para fazer a decoração de Natal, não é necessário que todos os elementos sejam, obrigatoriamente, temáticos. Para dar leveza à composição, coloque uma toalha branca de tecido e enfeite com passadeiras em cores natalinas, como vermelho, verde e dourado. O resultado é uma mesa chique na medida certa.

Enfeite de Natal

Para fazer um lindo centro de mesa para o Natal, vasculhe os armários e deixe a imaginação fluir. Pegue um pirex de vidro fundo e largo e coloque bolas de Natal douradas e vermelhas dentro do recipiente. Resgate do armário aquele Papai Noel de pelúcia antigo e coloque-o ao lado do enfeite.

Dicas para arrumar a mesa de Natal

Na hora de arrumar a mesa, opte por um estilo de louça mais básico, de preferência branco, para poder ousar nos elementos decorativos. Compre um pedaço de tecido com estampa natalina e recorte quadrados de 20 cm x 20 cm, para fazer guardanapos decorados.

Screenshot_2 Jogo de Taças de Cristal 30 Peças Angela Bohemia Full Fit
Por: R$ 419,00 à vista
ou 8x de R$ 52,38 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 398,05 à vista

Fonte: bolsademulher.com.

Confira outros produtos no nosso site: www.catral.com.br.
Zé Catral

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 11 de dezembro de 2014.

Comentários [0]

shutterstock_157172630

Nesta segunda-feira (1º), o G1 contou a história de empreendedores que aproveitam o período do Natal para gerar uma renda extra. A chef de cozinha Daniela Zimmer, por exemplo, trabalha com cupcakes, mas no final do ano vende mesmo são tradicionais biscoitos natalinos.

A receita, segundo ela, veio da Alemanha com sua bisavó, há mais de 100 anos. “Todo ano eu procuro fazer um álbum novo para não cansar, mas acaba que os biscoitos sempre ficam”, conta.

Segundo Daniela, para atender a demanda muitas vezes ela precisa virar a noite trabalhando. Em contrapartida, os lucros dobram. “Natal é a época mais linda do ano, né? Então, é sempre gostoso você saber que o seu produto, seu trabalho vai ser presente para uma pessoa querida”, afirma.

Screenshot_2 Forno Industrial Elétrico 95x95cm Duplo 220V FERD110 Venâncio
Por: R$ 4.919,00 à vista
ou 10x de R$ 491,90 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 4.673,05 à vista

Fonte: g1.globo.com.

Confira outros produtos no nosso site: www.catral.com.br.
Zé Catral

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 4 de dezembro de 2014.

Comentários [0]

shutterstock_114815332

1- Antes de utilizar os serviços de uma empresa de trabalho temporário, verifique se a mesma está devidamente inscrita junto ao Ministério do Trabalho e emprego.

 

2- O contrato com uma empresa de trabalho temporário deve ser escrito, constando quais as funções onde serão utilizados os trabalhadores temporários.

 

3- A duração do contrato de trabalho temporário firmado com a empresa de trabalho temporário tem duração máxima de 03 meses, podendo ser renovado por igual período mediante requerimento junto ao órgão local do Ministério do Trabalho e Emprego.

 

4- A contratação de mão-de-obra temporária para ser realizada mediante contrato de experiência ou através de empresa de trabalho temporário.

 

5- A contratação de empregado temporário através de contrato de experiência tem prazo máximo de duração de 90 dias, podendo ser prorrogado uma única vez dentro desse período. Assim o contrato de experiência pode ser de 45 dias, prorrogáveis por mais 45 dias, por exemplo.

 

6- Um empregado pode ser contratado uma única vez mediante contrato de experiência numa mesma empresa. Se houver nova contratação do mesmo empregado, independente do tempo decorrido desde sua primeira contratação a título de experiência, este segundo contrato de trabalhos será por prazo indeterminado.

 

7- Os trabalhadores temporários contratados através de empresa de trabalho temporário terão o mesmo salário e benefícios que os demais empregados da empresa contratante.

 

8- As principais vantagens no uso do contrato de experiência são a dispensa do pagamento do aviso prévio e da multa do FGTS quando o contrato chega ao seu término.

 

9- Na dispensa do empregado temporário sem justa causa ou pelo término normal de seu contrato, ele terá direito a férias proporcionais e também a uma indenização calculada na base de 1/12 avos do último salário recebido, por mês trabalhado.

 

10- Antes de contratar uma empresa de trabalho temporário faça as contas e verifique se o valor a ser cobrado compensa a utilização dos seus serviços, e lembre-se, contrate apenas empresas idôneas, que estejam em dia com o pagamento de seus empregados e com o recolhimento dos impostos e contribuições.

 

Screenshot_1 Balança Eletrônica sem Bateria e sem Saída Serial Prix III Light Toledo
Por: R$ 539,00 à vista
ou 10x de R$ 53,90 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 512,05 à vista

Fonte: natal.sp.sebrae.com.br.

Confira outros produtos no nosso site: www.catral.com.br.
Zé Catral

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 2 de dezembro de 2014.

Comentários [0]

shutterstock_2287351

1- A propaganda continua sendo a “alma do negócio” no varejo. Portanto, convém separar uma verba para essa finalidade, principalmente para divulgar as ofertas.

2- No dia-a-dia, os vendedores ouvem sugestões, comentários e reclamações que se perdem. Acompanhe de perto as reclamações e estimule seus vendedores a prestar mais atenção em tudo o que os clientes falam e crie um processo de registro (pode ser um caderno embaixo do balcão). O importante é que não haja desculpas, do tipo “não deu tempo de anotar”. Repasse todas as informações colhidas em reuniões periódicas com a equipe.

3- Analise os desejos de consumo de sua clientela através de pesquisas de mercado junto ao seu público-alvo. Crie condições seguras e favoráveis para que os clientes possam adquirir o que desejam, mesmo não tendo todo o dinheiro naquele momento.

4- Aproveite o Natal para vender mais e ainda usar a proximidade com o público para cativar a clientela e torná-la fiel no novo ano, recomendando a loja aos amigos.

5- As pessoas não compram só por necessidade, a compra é emoção. Uma vitrine alegre e bonita é o ponto-chave para chamar a atenção da clientela. O apelo infantil, com bichinhos em movimento, luzes e cores em profusão, só ajuda.

6- O plano de comunicação dependerá dos recursos disponíveis da sua empresa. Uma pequena papelaria terá bons resultados se trabalhar bem a vitrine.

7- Aproveite o período das festas para cadastrar novos clientes, pratique um pós-venda eficiente e use o cadastro para futuras malas-diretas.

8- Procure conhecer o perfil do seu consumidor, para depois planejar urna campanha que ofereça respostas às suas necessidades e expectativas.

9- Os concorrentes, infelizmente, estão de olho no mesmo cliente que você. É preciso, portanto, chamar mais atenção, atrair mais, colocar chamarizes. Iniciativas que podem ser resumidas na expressão “criar um diferencial”, aquilo que só você tem e mais ninguém, ou poucos. Para fazer isso, você precisa conhecer muito bem o perfil do seu público, sob risco de o tiro sair pela culatra.

10- Os lojistas de rua devem investir em malas-diretas com cupons de descontos especiais, para atrair o consumidor.

Screenshot_3 Ar Condicionado Split 12.000 BTUs Smart Inverter Samsung
Por: R$ 1.699,00 à vista
ou 10x de R$ 169,90 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 1.614,05 à vista

Fonte: natal.sp.sebrae.com.br.

Confira outros produtos no nosso site: www.catral.com.br.
Zé Catral

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 27 de novembro de 2014.

Comentários [0]

shutterstock_149574587

1- Nas vendas a prazo, sempre consulte os serviços de proteção ao crédito antes de conceder crédito ao seu cliente;

2- Crie um sistema de analise de crédito para sua loja, analisando se o consumidor que quer comprar a prazo tem condições financeiras de arcar com o futuro compromisso assumido e se ele possui um histórico de bom pagador na praça;

3- Quando for viável, substitui-a o crediário próprio pela venda com cartão de crédito e débito. Desta forma você estará terceirizando o risco de calote com a administradora desses cartões;

4- Na venda a prazo de produtos de maior valor, verifique a possibilidade de firmar convênio com bancos ou financeiras. Nestes convênios quem concede o financiamento ao consumidor é o banco ou financeira e não o lojista;

5- Registre sempre o endereço completo e atualizado de seu consumidor. Sem estes dados a cobrança da dívida ficará muito prejudicada;

6- Para maior segurança nos recebimentos de cheques, evite aceitar cheques de terceiros e de outras praças;

7- Nas operações com cheque, por medida de segurança, solicite sempre que o consumidor apresente o cartão do banco, comparando a assinatura do cheque com a do cartão;

8- Coloque num lugar bem visível em sua loja a relação como os documentos que o consumidor deverá apresentar para a abertura do crediário;

9- Nas vendas a prazo, deve-se evitar que o consumidor comprometa mais do que 30% da sua renda líquida com o pagamento de cada prestação;

10- Nas vendas com cartão de crédito, peça sempre a apresentação de um documento pessoal do consumidor para conferir com os dados do seu cartão de crédito.

Screenshot_2 Impressora Fiscal Térmica MP4000THFI Preta Bematech
Por: R$ 2.279,00 à vista
ou 10x de R$ 227,90 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 2.165,05 à vista

Fonte: natal.sp.sebrae.com.br.

Confira outros produtos no nosso site: www.catral.com.br.
Zé Catral

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 25 de novembro de 2014.

Comentários [0]

shutterstock_165698459

1- O auto-serviço é uma forma de deixar o consumidor à vontade para um contato mais íntimo com os produtos, escolhendo o que mais lhe agradar.

2- O brasileiro tem o hábito de deixar tudo para a última hora. Porém, a atenção dispensada aos retardatários deve ser igual. Mantenha os mesmos critérios de qualidade e atendimento até o final.

3- Se você depende de fornecedores ou terceirizados para prestar o seu serviço, fique de olho neles. Todo o esforço de atendimento irá por água abaixo se quem lhe presta o serviço de entrega em casa fizer a mercadoria chegar atrasada, danificada ou errada. Lembre-se: pela lei, a loja é responsável por tudo o que um prestador de serviços terceirizado faz.

4- Procure sempre inovar porque não existe cliente fiel a uma marca, produto ou loja; existe sim cliente fiel ao dinheiro e à sua satisfação. Ele é quem decide o que comprar; você o ajuda.

5- Lojas que não oferecem mix e atendimento segmentado, com alto nível de especialização, nem um mix amplo e com preços competitivos, terão sérias dificuldades de se manter em operação. A especialização não exige a concentração de toda a área da loja para um segmento. Podemos usar o conceito de store in store ou corner, ou seja, criar uma “loja” com mix e atendimento especializado apenas em uma área de seu ponto-de-venda, como um canto, uma ilha, um quiosque ou até mesmo uma gôndola, desde que bem sinalizada.

6- Lembre-se: conhecer o cliente pode representar o diferencial entre o seu negócio e o do seu concorrente. Para conhecer o seu cliente, você precisa observar e analisar quem faz compras na sua loja… A observação lhe fornecerá informações preciosas não apenas para conquistá-lo em datas comemorativas, mas durante todo o ano.

O lojista que conhece os desejos do seu consumidor, mesmo quando o mercado enfrenta períodos de baixa, consegue driblar as crises, porque estimula a compra a partir de uma vontade e não de uma necessidade.

7- Um aspecto fundamental é o treinamento em vendas e a sua importância, pois se uma empresa pretende melhorar a produtividade, o treinamento será a peça fundamental no processo. O balconista tem que informar e orientar o cliente sobre as características e atributos dos produtos, fazendo sugestões e tirando dúvidas, nunca incomodando o cliente tentando forçar a venda.

8- Estabelecer metas é importante porque define, ao balconista, o que se espera dele. Reconhecer, premiar e investir neste profissional também.

9- A quantidade de coisas que as pessoas adquirem está relacionada ao prazer que sentem no ato da compra. Conforto e bom atendimento são decisivos nessa hora.

10- Quer compre ou não, o cliente que entra na loja deve ser tratado como uma visita importante que chega à sua casa!

11- Nunca descuide do atendimento e, para ter certeza de que as coisas estão funcionando bem quando você não está na loja, deixe claro o que não deve acontecer na sua loja: vendedores mascando chiclete, pedindo coisas uns aos outros gritando, conversando assuntos pessoais, cantando a música que toca na loja, usando óculos escuros.

12- Para saber como é o atendimento: crie um “dublê de cliente” (ou cliente misterioso, comprador secreto, como quiser), alguém da sua confiança que vai comprar na loja e depois relata exatamente tudo o que aconteceu. É uma ferramenta de controle eficaz e barata. Com ela, você verifica, por exemplo, como estão o conhecimento de produtos, a agilidade, a simpatia e o atendimento. Esse comprador misterioso precisa repetir a dose por telefone (para medir o tempo de espera na linha) ou por e-mail (tempo de resposta, tom da mensagem).

13- Além das comissões habituais, dê prêmios para metas em grupo, para estimular que todos se ajudem durante o trabalho e não tentem atropelar uns aos outros.

14- Para uma atitude correta: vendedores mais seguros e experientes à frente evita situações embaraçosas como “vou consultar o gerente” ou “não conheço bem esse produto”, comprometendo a qualidade do atendimento e os resultados.

15- Motive a equipe com premiações, aumento de comissões, bônus. O importante é que todos estejam empenhados em vender mais!

16- Bom atendimento significa: gentileza, paciência, interesse e conhecimento do produto.

17- Estes são alguns itens odiados pelo público: música alta, balcão bagunçado, propaganda enganosa. Esses são obstáculos que podem ser superados com planejamento e organização.

18- O consumidor valoriza tudo o que facilita o momento de compras (ar-condicionado, estacionamento a preço justo, entrega em domicílio). Entretanto, ele valoriza, em primeiro lugar, a qualidade do atendimento. Só depois é que vêm produto e preço.

19- Uma troca de produto pode significar a diferença entre perder ou conquistar um cliente. Se o vendedor dificultar a troca, fizer cara de má vontade ou qualquer outra coisa, pode se despedir do cliente para sempre. Mas se trocar com boa vontade, como se fosse a coisa mais natural do mundo, a pessoa vai se lembrar disso na próxima vez em que for comprar qualquer artigo.

20- Use a ficha de cadastro para fazer uma pesquisa simples junto aos clientes (pontue o atendimento recebido – ruim, regular, bom, excelente – e peça sugestões de melhoria). É fundamental que o resultado seja lido, cadastrado e analisado com cuidado.

Screenshot_9 Leitor de Código de Barras a Laser Eclipse MK-5145 Preto Metrologic Honeywell
Por: R$ 279,00 à vista
ou 6x de R$ 46,50 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 265,05 à vista

Fonte: natal.sp.sebrae.com.br.

Confira outros produtos no nosso site: www.catral.com.br.
Zé Catral

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 18 de novembro de 2014.

Comentários [0]

Sobrou chester do Natal? Nós temos uma receita especial que vai fazer o seu fim de semana ser como outra comemoração:

receita3G

Ingredientes

1 Ave Chester Perdigão (aprox. 2,5kg)

1 colher (sopa) de margarina

1 xícara (chá) de suco de pêssego

1 xícara (chá) de vinho rosé

1 colher (café) de mel

100g de Peito de Chester Defumado perdigão, cortado em tiras

1 xícara e meia (chá) de rúcula

Meia xícara (chá) de erva-doce, cortada em tiras

1 xícara (chá) de uvas verdes sem sementes cortadas ao meio

1 xícara (chá) de nozes picadas

1 xícara (chá) de tomates cereja

4 figos maduros e firmes

1 xícara (café) de azeite

1 colher (chá) de vinagre balsâmico

1 colher (café) de gengibre ralado

2 colheres (sopa) de mel

Meia xícara (chá) de creme de leite

1 colher (café) de sal

Modo de Preparo

Descongele a Ave Chester, conforme as instruções da embalagem e retire os miúdos. Coloque a Ave em uma assadeira, besunte-a com a margarina por dentro e por fora. Regue-a com a mistura de suco de pêssego, vinho rose e mel. Cubra a Ave Chester com papel-alumínio e leve-a ao forno médio (220°C), pré-aquecido, por cerca de 2 horas, regando-a de vez em quando. Retire o papel-alumínio e deixe a Ave Chester no forno para dourar por mais 30 minutos, aproximadamente.

Salada Delicada

Em um refratário, distribua as folhas de rúcula, o peito de Chester, a erva-doce, as uvas, as nozes, os tomates e os figos. À parte, junte todos os ingredientes do molho, misture bem e coloque em uma molheira. Sirva a Ave Chester, acompanhada da Salada com molho à parte.

Dica

Se desejar, sirva acompanhado de torradas preparadas com Cream Cheese.

Screenshot_7 Forno Elétrico Gratinatto Inox 44L Fischer
Por: R$ 549,00 à vista
ou 10x de R$ 54,90 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 521,55 à vista

Fonte: perdigao.com.br.

Confira outros produtos no nosso site: www.catral.com.br.
Zé Catral

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 27 de dezembro de 2013.

Comentários [0]

A Catral deseja que o seu Natal seja repleto de delícias para toda a sua família. Por isso, anote essa receita que vai deixar a sua mesa ainda mais bonita:

 350Cheesecake-sem-gluten--D

Para fazer a massa:

Ingredientes:

1 copo e ¾ de castanhas do caju salgadas

1 colher e meia de melado

1 colher de óleo de coco

Modo de preparo:

Bata tudo em um mixer até a mistura ficar homogênea, lisa, mas com alguns pedacinhos de castanha de caju. Abra a massa em uma forma de fundo removível de 23 centímetros, apertando-a bem.

Para fazer o recheio:

Ingredientes:

300ml de chantilly 100% vegetal

250g de tofu firme

50ml de suco peneirado de limão

2 colheres (sopa) de açúcar cristal orgânico

Caviar de meia fava de baunilha de Madagascar

Modo de preparo:

Bata o chantilly em uma batedeira até ficar bem firme e separe na geladeira. Em um liquidificador, bata o tofu com a baunilha, o açúcar e o limão, até ficar bem lisinho, e depois misture bem com o chantilly. Retire a massa da geladeira e, com uma espátula, espalhe o creme em cima da massa até ficar bem lisinha. Volte a forma para a geladeira.

Para fazer a calda:

Ingredientes:

200g de frutas vermelhas sortidas (morangos em cubinhos, cerejas sem caroço, amoras, mirtilos, framboesas)

15 gotas de limão

2 colheres de açúcar cristal orgânico

Modo de preparo:

Coloque todos os ingredientes em uma panela e cozinhe em fogo médio por aproximadamente 10 minutos, ou até as frutas amolecerem ligeiramente e a calda engrossar um pouco. Só não deixe secar muito, já que ao esfriar a calda engrossará um pouco mais. Espere esfriar completamente. Retire a forma da geladeira, desenforme a cheesecake em um prato e gentilmente espalhe a calda já fria sobre a cheesecake. Sirva geladinha e voilà.

Screenshot_2 Jogo de Panelas Mônaco 5 Peças Vermelha Tramontina
Por: R$ 549,00 à vista
ou 10x de R$ 54,90 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 521,55 à vista

Fonte: gnt.globo.com.

Confira outros produtos no nosso site: www.catral.com.br.
Zé Catral

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 23 de dezembro de 2013.

Página 1 de 212
Busca
Mais consultados
Conheça o nosso site
Vídeos
Curta nossa Fanpage
Siga-nos no Twitter
Ofertas exclusivas por e-mail