Comentários [3]

A verdade é que independente do lugar onde você mora, as chances são de que as bebidas tenham um nível de vendagem extremamente alto, portanto investir nesse tipo de empresa pode significar uma rentabilidade muito boa. Lógico que esse é um típico negócio que não exige um baixo investimento inicial, sendo que é preciso comprar muitas coisas e ter uma boa estrutura de trabalho. De qualquer modo, mostraremos aqui os detalhes de como abrir uma distribuidora de bebidas mesmo começando totalmente do zero, seja ela grande ou pequena.

 shutterstock_138966389

Pesquisa de mercado para uma distribuidora de bebidas

Quem ainda não sabe como abrir uma distribuidora de bebidas, precisará se dedicar inicialmente a uma pesquisa básica a respeito do mercado de bebidas em sua região. Você deverá analisar a quantidade de distribuidoras já atuando, definir quem serão seus clientes (como donos de bares, pessoas que vão organizar eventos, supermercados ou algo do tipo), saber quais são os tipos de bebidas mais procurados e o que você poderá fazer para melhor atender a sua clientela. É válido definir também se a sua distribuidora irá vender somente no atacado ou também no varejo, já que muitas distribuidoras de pequeno porte optam por trabalhar com vendas das duas formas, de modo que possam aumentar a margem de vendagem.

Após isso você já terá uma noção completa a respeito do mercado de bebidas em sua região e de como a sua distribuidora funcionará. Portanto, pegue todas as suas informações e monte o próprio plano de negócios, de modo que tenha assim um controle maior sobre o futuro da sua empresa.

Local e estrutura para uma distribuidora de bebidas

O ideal é se instalar em um local de fácil acesso, mas que ao mesmo tempo não seja tão tumultuado como o centro da cidade, portanto uma boa opção é procurar um bairro tradicional em sua cidade para montar sua empresa.

A estrutura interna vai precisar ser um pouco ampla para conseguir organizar todos os seus produtos e consistirá basicamente em um galpão amplo para colocar freezers e prateleiras com produtos, poderá ter um pequeno escritório no próprio local e pelo menos um banheiro. Opte sempre por um local arejado e que ofereça uma estrutura ideal para trabalhar com esses produtos.

Como abrir uma distribuidora de bebidas?

Após ter tudo isso muito bem definido, você precisará pensar nos fatores legais da sua empresa e simplesmente não tem como abrir uma distribuidora de bebidas sem pensar nesse quesito hoje em dia. Se o seu objetivo for trabalhar com vendas no atacado, o seu negócio se encaixará no CNAE 5136-5 que é o Comércio Atacadista de Bebidas, tendo assim a necessidade de formalizar a empresa optante pelo Simples Nacional e em todo caso o mais indicado é contratar um contador para dar inicio a todo o processo de legalização.

Um dos fatores que vão determinar o sucesso de uma distribuidora desse tipo são os fornecedores e para isso é necessário comprar diretamente das grandes empresas fabricantes do ramo. Então mantenha contato com representantes comerciais dessas empresas e veja como comprar bebidas com preços mais acessíveis para revenda.

Quanto custa abrir uma distribuidora de bebidas?

Uma das maiores preocupações de quem chega até aqui querendo aprender como abrir uma distribuidora de bebidas é com relação ao investimento total para ter seu negócio em pleno funcionamento, mas infelizmente não existe um valor exato, sendo que tudo vai depender da estrutura, da localização e do mercado em si na sua região.

Equipamentos para montar uma distribuidora de bebidas

Os novos empreendedores que chegam até aqui procurando mais dicas de como montar uma distribuidora de bebidas precisam se atentar à compra dos equipamentos para iniciar o negócio. O investimento costuma ser alto, confira uma pequena lista do que você vai precisar para iniciar sua pequena distribuidora de bebidas:

 Freezers

Prateleiras para estocar bebidas

Carrinhos para transporte de produtos dentro da distribuidora

Balcão de atendimento

Acessórios de informática para trabalhar

Telefone

Vasilhames de cerveja

E várias outras coisas…

Além disso, é interessante ter um veículo para efetuar entregas de bebidas dentro da cidade ou mesmo na região onde você pretende atuar, pois muitos clientes querem comprar bebidas e acabam não tendo um meio de transporte. Isso vai exigir um investimento ainda maior para seu negócio, porém é algo que vale a pena ter caso você queira abrir uma empresa bem estruturada.

Faturamento médio de uma distribuidora de bebidas

O faturamento é outra questão que interessa muito os empreendedores nesse ramo e no geral é possível ter uma boa margem de faturamento mensal no seu negócio. Uma distribuidora de pequeno porte conseguirá faturar de R$ 15 a R$ 100 mil, mas o que muitas fazem é diversificar suas fontes de renda para atingir um bom faturamento, como é o caso do aluguel de mesas e cadeiras para os próprios clientes. De qualquer modo, o seu faturamento tende a ser bom, porém não podemos esquecer que você terá vários gastos mensais e por isso o lucro bruto será um pouco menor.

Distribuidora de bebidas vale a pena hoje em dia?

Até aqui procuramos mostrar os principais detalhes de como abrir uma distribuidora de bebidas pequena, mas mesmo vendo que se trata de um negócio interessante, algumas pessoas ainda ficam na duvida. A verdade é que compensa muito investir nesse modelo de negócio atualmente, principalmente se você já tiver certo conhecimento na área e contato com potenciais clientes que podem firmar uma parceria de compra com sua distribuidora.

Screenshot_3 Expositor Refrigerado Vertical VB40W Metalfrio
Por: R$ 2.890,00 à vista
ou 10x de R$ 289,00 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 2.745,50 à vista

Fonte: montarumnegocio.com.

Confira outros produtos no nosso site: www.catral.com.br.
Zé Catral

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 28 de agosto de 2014.

Comentários [33]

Tá pensando em abrir um novo negócio para começar bem o ano novo? A Catral te ensina como montar uma distribuidora de bebidas com dicas úteis e práticas. Olha só!

Primeiramente, é necessário fazer uma pesquisa sobre a situação do mercado local, decidir qual o melhor ponto, e pesquisar como é a concorrência por perto, e quais serão os possíveis clientes.

Uma distribuidora de bebidas tem a possibilidade de vender para consumidores finais e comerciantes, mas, para alcançar todo esse público, a localização é um ponto fundamental. Por isso, você precisa fazer um estudo para escolher o lugar com acesso fácil, pouca (ou fraca) concorrência, e índice pequeno de criminalidade.

Para segmentar o mercado consumidor da distribuidora, pesquise a faixa etária, a faixa salarial, os gostos e preferências das pessoas que moram no bairro escolhido, para entender como é o comportamento do consumidor. Dessa forma, será mais fácil criar e executar estratégias de vendas, além de atender melhor aos clientes.

Em relação à concorrência, procure sempre oferecer uma variedade maior de produtos, ou preços menores. Dessa forma, as outras distribuidoras, mesmo localizadas por perto, não irão atrapalhar o seu negócio.

Sobre o investimento, o mesmo estará dividido entre estrutura, informatização, equipamentos e formalização. É necessário ter um espaço com balcão de atendimento, alguns produtos com venda impulsiva (como salgadinhos em pacotes, água mineral, cigarros, sorvetes, etc.) e prateleiras, além de um depósito e um escritório. Também é importante informatizar a distribuidora com softwares especializados para controle de estoques, de contas a pagar e a receber, e para contabilização. Além disso, a loja deverá ter freezers, engradados, carrinho para transporte de carga e veículo utilitário para entregas a domicílio. O investimento inicial vai depender diretamente da estrutura, do valor do imóvel e do tipo que equipamentos que você vai escolher.

Para abrir as portas da sua distribuidora de bebidas, você vai precisar lidar com diversos aspectos legais, como a formalização da empresa junto à Junta Comercial, os Alvarás de Funcionamento dos Bombeiros, e o registro no Conselho Regional de Administração, por exercer função privativa da Administração.

Ter parcerias com fornecedores é extremamente importante para conseguir apoio em marketing, campanhas promocionais, entre outras vantagens.

E para fidelizar seus clientes, você deve primeiramente alcançar diversos públicos (comerciantes, restaurantes, bares, lanchonetes e pessoas físicas), ter um estoque diversificado, promoções, descontos, além de negociação de prazos e condições de pagamento.

Um tipo de parceria que está crescendo muito é aquela firmada com empresas de eventos, onde a distribuidora estabelece a quantidade de bebidas, a data de entrega e o valor do pagamento para casamentos, formaturas, aniversários e outros eventos. As distribuidora de bebidas também pode lucrar muito com o aluguel de mesas e cadeiras, e até freezers, para eventos.

E para ter um grande crescimento na sua distribuidora, invista em publicidade e propaganda, para divulgação massiva da sua empresa, através de folhetos, folders, TV, rádio, internet, e também por meio de visitas de representantes comerciais a outras empresas.

A distribuidora também deve decidir se a entrega dos produtos será feira através de frota terceirizada ou veículo próprio. Além disso, deverá haver um planejamento de prazos e condições de pagamento, e custos, se o sistema for terceirizado.

Gostou das dicas da Catral? Que tipo de negócio você está querendo abrir? Conte pra gente, que vamos te ajudar!

 

Zé Catral

Fonte:  Novo Negócio.
Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 24 de dezembro de 2012.

Busca
Mais consultados
Conheça o nosso site
Vídeos
Curta nossa Fanpage
Siga-nos no Twitter
Ofertas exclusivas por e-mail