Tanto a Impressora Fiscal quanto a Impressora Não Fiscal são muito utilizadas por estabelecimentos comerciais para dar mais agilidade e organização no atendimento. O Cupom Fiscal pode comprovar uma venda e o Não Fiscal só pode ser utilizado para controle do local.

checkout_catral

A Impressora Fiscal, também chamada de Emissor de Cupom Fiscal (ECF), foi fabricada com a finalidade de substituir o preenchimento manual das notas fiscais. Hoje é utilizada por 99% dos estabelecimentos comerciais, porque facilita e dá mais rapidez na hora de finalizar a compra com o cliente.

A principal característica de uma Impressora Fiscal é a memória fiscal, ou seja, todas as operações realizadas por uma impressora como essa ficarão arquivadas, sem que seja possível apagar ou remover. Porém, há um limite de armazenamento de informações que pode variar de acordo com o modelo. A Impressora Fiscal Térmica MP4000THFI Preta Bematech, com uma das maiores capacidades de memória do mercado, consegue armazenar até 1GB, tendo uma vida útil de aproximadamente 9 anos. Quando o espaço chega ao seu limite é preciso substituir o equipamento.

Como o nome já diz, uma Impressora Não Fiscal, como a Impressora Térmica Não-Fiscal USB com Guilhotina MP2500TH Bematech, geram bilhetes sem valor fiscal, ou seja, não podem ser considerados comprovantes de uma venda. Elas são muito utilizadas por estabelecimentos comerciais que exigem um controle interno e externo como estacionamentos, restaurantes, hospitais, lavanderias, quiosques de ingressos, etc.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 25 de fevereiro de 2015.