Comentários [0]

Leitores de código de barras: o que saber antes de comprar um?

 

Um equipamento imprescindível para o comércio varejista e atacadista é o leitor de código de barras. Ele é um grande aliado na hora de fazer um controle de estoque eficiente, prático e efetivo de todos os itens da sua loja. Além de ser indispensável para agilizar a conferência dos itens comprados pelo seu cliente na boca do caixa. Existem vários modelos de leitores de código de barras, tudo irá depender da sua necessidade.

A primeira coisa que você deve se atentar antes de comprar um leitor de código de barras é se ele faz a leitura do modelo de código adotado pelo país. Apesar de os equipamentos seguirem certos padrões normativos, sempre aconselhamos o comprador a prestar atenção neste ponto. Se você vive no Brasil, o sistema adotado é o GS1 e as embalagens usam o código EAN-13.

Os leitores de código de barras a laser são as melhores escolhas se você precisa de agilidade e praticidade. Eles são resistentes, rápidos e tem ótima resolução e profundidade de campo. A maioria deles reconhece rapidamente os códigos de barras de materiais reflexivos, com impressões com pouca nitidez ou rasuradas.

O leitor de código de barras a laser MK5145 Eclipse da Honeywell é um equipamento de baixo custo que é rápido e fácil de usar. Basta posicionar o feixe de luz sobre o código de barras e apertar o botão. Pode ser a solução perfeita para o seu check-out ou para o gerenciamento de recebimento de produtos.

Leitores de código de barras: o que saber antes de comprar um? http://www.catral.com.br/leitor-de-codigo-de-barras-a-laser-eclipse-mk5145-usb-preto-metrologic-honeywell,product,3221019,3101.aspx

Se você precisa de praticidade e mobilidade, o leitor de código de barras Voyager da Honeywell 1202g é o equipamento ideal para o seu negócio. Ele possui a tecnologia Bluetooth, que permite que você trabalhe até 10 metros longe da sua base. É ótimo no recebimento de produtos e controle de estoque, além de ser extremamente útil em check- outs.

Leitores de código de barras: o que saber antes de comprar um? http://www.catral.com.br/leitor-de-codigo-de-barras-a-laser-voyager-1202g-bluetooth-usb-honeywell,product,3221038,3.aspx

 Agora, se o fluxo do seu check-out é constante e você sente a necessidade de ter um equipamento mais prático e eficaz, você pode optar por um modelo de leitor de códigos de barra fixo como o MS7820 Solaris da Honeywell.

Ele se adapta a qualquer espaço e vem com acessórios que facilitam na adaptação do equipamento ao ambiente. O diferencial deste leitor de código de barras é que além de aumentar a produção do seu check-out, como ele possui maior profundidade de campo, os operadores do equipamento não precisam se preocupar com a maneira certa de passar o código de barras pelo leitor, pois ele faz a leitura logo na primeira passagem, sem limitações de posicionamento, de orientação do código de barras ou de qualidade da impressão.

Leitores de código de barras: o que saber antes de comprar um?

http://www.catral.com.br/leitor-de-codigo-de-barras-a-laser-solaris-mk7820-usb-metrologic-honeywell,product,3201012,310.aspx

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 27 de agosto de 2015.

Comentários [4]

Pesquisa feita em 2009 pela Toledo & Associados apontou que 64% das pessoas com mais de 30 anos buscam uma dieta mais saudável, mesmo em fast-food. Em consequência, até as grandes redes possuem em seus cardápios saladas, grelhados e alimentos pouco calóricos. Foram abertas ainda lanchonetes e fast-foods especializados em pratos saudáveis. Empresa do ramo criada em 2009 faturou R$ 4,5 milhões no primeiro ano. Em 2012 a receita bruta chegou aos R$ 10 milhões. As apostas são ingredientes de qualidade e baixas calorias. No cardápio, informações sobre os principais nutrientes de cada prato, mostrados por meio de ícones que indicam quais são as vitaminas e minerais, como cálcio, potássio e ferro.

 

 

Lanchonete saudável  – R$ 310.000 

Equipamentos e instalações: R$ 250.000 (aluguel de espaço físico, estoque, caixa eletrônico e impressora de cupom fiscal, software de controle de vendas e estoque, cortador de frios e de legumes, esterilizador de louça, microondas, freezer, geladeira e forno)
Capital de giro: R$ 60.000
Faturamento médio mensal: R$ 85.000
Funcionários: 15 (o dono e 14 empregados para três turnos)
Prazo de retorno: 36 meses
 
E aí? Resolveu saber mais sobre o assunto? O Blog da Catral já fez outros posts sobre como montar restaurantes naturais. Veja aqui.

E, para você que decidiu abrir o seu negócio, facilite sua vida e confira as ofertas da Catral.

 
Zé Catral
 
Fonte: Revista PEGN
Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 29 de junho de 2012.

Comentários [0]

Os brasileiros se renderam aos produtos com certificação orgânica – produtos fabricados com matéria prima sem uso de agrotóxicos e fertilizantes químicos -, de vinhos a roupas. O mercado cresce rápido, conforme aumenta o interesse por produtos sustentáveis e alimentos saudáveis. Segundo o Ministério da Agricultura já passa dos 15 mil o número de produtores orgânicos cadastrados no Ministério da Agricultura.

Algumas marcas se dedicam aos produtos naturais desde antes da onda dos orgânicos. Alguns fornecedores já praticavam a agricultura sustentável muito antes da popularização do mercado.

 

Loja de produtos orgânicos – R$ 60.000 

Equipamentos e instalações: R$ 40.000 (aluguel de espaço físico, estoque, prateleiras, 2 freezers, caixa com cupom eletrônico, computador com software de controle de estoque e vendas)
Capital de giro: R$ 20.000
Faturamento médio mensal: R$ 20.000
Funcionários: 4 (o dono e 3 atendentes)
Prazo de retorno: 36 meses

Para montar uma loja de produtos orgânicos é preciso acreditar no estilo de vida natural e conferir as ofertas da Catral.

 
Zé Catral
 
Fonte: Revista PEGN
Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 28 de junho de 2012.

Busca
Mais consultados
Conheça o nosso site
Vídeos
Curta nossa Fanpage
Siga-nos no Twitter
Ofertas exclusivas por e-mail