Comentários [0]

A área de alimentação é um negócio interessante, que atrai uma grande quantidade de pessoas e que demanda um investimento relativamente pequeno. Por isso, montar um carrinho de cachorro-quente pode ser uma boa ideia de negócio. No entanto, mesmo com todas as funcionalidades e uma aparente simplicidade, neste negócio é preciso tomar cuidado e começar de forma simples e bem planejada sem tentar dar grandes saltos de uma única vez, indo de forma gradual no processo de crescimento empresarial.

 shutterstock_148091492

Este negócio é para você?

Antes de pensar em qualquer aspecto mais prático e técnico com relação a esta modalidade de trabalho empresarial, é preciso considerar que a delimitação inicial consiste em identificar se você possui perfil para esta área. Isto se justifica porque possuir um carrinho de cachorro-quente demanda a necessidade de estar disponível para longas jornadas de trabalho em locais muitas vezes diferentes e na maioria das situações à noite. Neste caso, é necessário pensar se você possui capacidade para ter esta carga de trabalho com suas características peculiares, além de verificar se sua família irá compreender esta questão. Além disso, outra questão importante para o perfil de quem vende cachorro-quente está relacionada com a exigência de saber lidar de maneira adequada com os clientes oferecendo um atendimento cordial, sempre de bom humor e com alegria, pois um atendente mal encarado ou sem educação espanta os clientes e leva o seu negócio ao fracasso.

Plano de negócios do carrinho de cachorro-quente

O setor gastronômico, em geral, tem seus investimentos aceitos de forma positiva impulsionando por isso o crescimento e diversificação da economia informal no país. Por esta demanda entrar no ramo da alimentação por meio da aquisição de um carrinho de cachorro-quente, pode ser um passo interessante e que significará quem sabe, o primeiro passo para a abertura de um restaurante no futuro. No entanto, assim como qualquer atividade a ser iniciada de forma profissional é preciso que seja considerada de maneira anterior todos os aspectos relacionados com a prática profissional a ser executada. Para isso, é preciso inicialmente verificar o carrinho mais adequado ao momento e capacidade de investimento de cada um o qual além de um tamanho bom deve permitir adaptações para o anúncio e venda do cachorro quente.

Depois é preciso delimitar o ponto de venda que será usado o qual deve ser escolhido considerando uma grande variedade de aspectos como o fluxo de pessoas no local, o tipo de pessoas que passam por ali com seu poder de compra, os horários de maior intensidade de possíveis consumidores. Além disso, é importante delimitar a presença de concorrentes na área desejada identificando, neste caso, os seus pontos fortes e fracos para então definir o diferencial no serviço a ser oferecido por você no seu carrinho de cachorro quente. Outro ponto que deve ser considerado no que diz respeito ao planejamento deste negócio consiste em buscar informações junto à Prefeitura de sua cidade sobre os documentos e pedidos necessários para conseguir fazer o seu negócio de forma legalizada e correta sem problemas com fiscalizações e averiguações dos órgãos responsáveis.

Todas estas questões devem ser pensadas integrando o chamado Plano de Negócios o qual irá delimitar não somente os aspectos práticos do negócio de carrinho de cachorro-quente como também irá auxiliar na execução de ações progressivas voltadas para o crescimento e sucesso desta prática empresarial adotada.

Normas de higiene

A montagem de um negócio como este voltado para o ramo de gastronomia deve cuidar de maneira muito rigorosa das normas de higiene, pois desta forma evita problemas que podem levar ao fechamento do seu carrinho de cachorro-quente como intoxicações, doenças e internações de quem consome o seu produto em decorrência de contaminações. Para garantir esta questão é preciso buscar informações na Vigilância Sanitária de sua cidade para conhecer de forma bem específica e detalhada as normas de higiene que devem ser seguidas como materiais limpos, higienização constante das mãos, usar alimentos de qualidade e dentro do prazo de validade, trabalhar com uma segunda pessoa para evitar a mistura de contato com alimentos e dinheiro, dentre outros.

Melhor localização para o carrinho de cachorro-quente

A partir do momento em que você possuir toda a documentação em mãos é preciso, antes mesmo de adquirir os materiais e insumos necessários, escolher o local de trabalho no qual vai atuar com o seu carrinho de cachorro-quente. A regra geral para este assunto consiste em locais movimentados e contendo grande circulação de pessoas como os próximos a escolas, casas noturnas, pontos de lotação e praças. Esta delimitação não é, no entanto, estática porque a mobilidade do carrinho de cachorro-quente permite que você mude o seu ponto por vários motivos como baixa de vendas, eventos ocorridos na cidade que levam a um maior fluxo de pessoas, dentre outros. Por isso, é de grande importância aproveitar as vantagens deste tipo de negócio e estudar a possibilidade de levar o seu negócio para grandes demandas como shows, festas, eventos esportivos, feiras.

Operação do carrinho de cachorro-quente

Após o cuidado e delimitação de todas estas questões mostradas até aqui neste artigo chega então o esperado momento de começar com efetividade a atividade em seu carrinho de cachorro-quente o qual não possui mistérios, mas exige planejamento adequado para saber a maneira de servir o produto, o horário e a necessidade ou não de mão-de-obra adicional e de turnos de trabalho.

Com relação a esta questão, uma estratégia interessante para conseguir conquistar o cliente consiste em ir até ele nos locais em que está com um produto que possua alta qualidade e sabor diferenciado sendo que neste caso a qualidade não é determinada somente por ingredientes ótimos, mas também por outros aspectos como boas condições de armazenamento dos ingredientes, bom atendimento, grande oferta de combinações para os clientes com alternativas comuns e outras mais ousadas e de bom gosto, limpeza adequada, uniformização dos funcionários. Desta forma será possível obter clientes muito satisfeitos os quais irão voltar com mais clientes, pois a propaganda de quem já consumiu e gostou do seu produto é a mais efetiva Não será nada mal ter  o melhor cachorro-quente da cidade com o seu carrinho de cachorro-quente!

Screenshot_3 Carrinho para Pastel e Hot Dog com Chapa/Guarda Sol C311 Alsa
Por: R$ 1.629,00 à vista
ou 10x de R$ 162,90 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 1.547,55 à vista

Fonte: novonegocio.com.br.

Confira outros produtos no nosso site: www.catral.com.br.
Zé Catral

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 20 de maio de 2014.

Comentários [0]

Quer ganhar um dinheirinho extra no fim de semana ou ter o seu próprio negócio? A Catral te dá algumas dicas valiosas para ganhar dinheiro vendendo cachorro-quente em carrinho. Confira!

 

vender-cachorro-quente-carrinho

 

O primeiro passo para ter um negócio de cachorro-quente em carrinho é escolher um bom ponto. Para isso, analise a quantidade de pessoas que passam por determinado  lugar e o perfil delas, além dos horários de maior fluxo.

 

Além disso, é bom fazer um planejamento de todas as ações nos próximos meses e até anos, para conseguir controlar os ganhos e despesas e não ficar endividado ou ter problemas de organização. Uma dica é contratar um profissional para criar um Plano de Negócios eficaz para o seu caso.

 

Com o plano pronto, vá até a Prefeitura da cidade onde pretende vender seu cachorro-quente e informe-se sobre a documentação necessária para poder tocar o negócio em locais públicos.

 

Também é necessário ter um alvará da vigilância sanitária, que vai te explicar todas as normas de higiene. É bom lembrar que será necessário ter alguém trabalhando com você, já que quem cuida do dinheiro não poderá ter contato direto com a comida.

 

Quando toda a documentação estiver em ordem, é hora de escolher o melhor local para as vendas. Prefira lugares movimentados e próximos de escolas, casas noturnas e praças. Assim, você terá muitos clientes. A vantagem do carrinho é que você poderá mudar de ponto sempre que perceber uma baixa nas vendas. E, também, vender em shows, festas, jogos esportivos e outros tipos de eventos.

 

E para conquistar clientes e obter sucesso, invista em qualidade, sabor, limpeza e bom atendimento. Usar touca, luvas e uniforme é uma ótima forma de passar segurança para as pessoas que desejam comprar de você. Também é importante oferecer diversos tipos de acompanhamentos e bebidas, para que o lanche seja completo.

 

Na Catral você encontra um excelente e completo carrinho de cachorro-quente clicando AQUI. Além de estar com um ótimo preço, esse carrinho vem com 2 molheiras e chapa, todas aquecidas com queimadores individuais, depósito para pão, 3 molheirinhas e 1 caixinha para bisnagas de ketchup e mostarda. Aproveite!

 

Zé Catral

Fonte: Novo Negócio.

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 20 de junho de 2013.

Busca
Mais consultados
Conheça o nosso site
Vídeos
Curta nossa Fanpage
Siga-nos no Twitter
Ofertas exclusivas por e-mail