Comentários [0]

Existem muitas ideias para ganhar dinheiro com comida hoje em dia e não é atoa que o mercado de alimentação é um dos que mais geram resultados, então aprenda aqui como montar um restaurante prato feito em sua cidade.

Antes de tudo vale a pena ressaltar que você precisará ter algumas habilidades básicas para lidar com um negócio desse tipo, portanto é preciso entender um pouco da culinária brasileira ou regional, saber preparar pratos feitos para venda e ainda ter a habilidade de administrar um pequeno restaurante desse tipo.

Geralmente esse é um segmento de mercado que atende bem uma população que não tem tempo de preparar comidas em casa e acabam optando pelos pequenos restaurantes, porém o horário padrão de funcionamento de um restaurante prato feito é somente ao meio dia, portanto a noite não terá uma procura por esses alimentos e o ideal é não trabalhar nesses horários.

 shutterstock_209972185

Local para montar seu restaurante prato feito

De inicio você precisa saber que não tem como montar um restaurante de prato feito em locais muito concorridos, porque dificilmente você conseguirá competir com grandes restaurantes, então procure se posicionar em bairros específicos de sua cidade ou mesmo em ruas do centro onde existam pessoas interessadas em alimentos, mas que não seja tão concorrido ainda.

O espaço interno não precisa ser muito amplo, portanto isso já ajudará você a economizar um bom dinheiro nesse inicio. Tudo o que você vai precisar é um bom espaço frontal onde irá colocar mesas e cadeiras, precisará ter também a cozinha, um banheiro e talvez necessite também de um espaço para estocar alguns produtos para serem cozidos.

Como montar um restaurante prato feito?

Quem busca informações sobre como montar um restaurante prato feito precisará se atentar também as questões legais do negócio, já que você precisará ter tudo dentro das leis antes mesmo de começar operar. Dessa forma, procure fazer o registro do novo negócio, obtendo assim o CNPJ, licença da prefeitura e alvará de funcionamento da ANVISA, porém se o seu objetivo for apenas vender prato feito de uma forma mais simples, a minha sugestão é se registre como um MEI (Microempreendedor Individual).

No processo de montagem, será necessário investir na compra de vários equipamentos como mesas, cadeiras, um balcão de atendimento, utensílios para cozinha, pratos, talheres, prateleiras para organizar alguns produtos, 1 freezer e uma geladeira, assim como outros itens diversos. Então vá fazendo sua própria listinha de produtos necessários para abrir seu restaurante prato feito com o máximo de sucesso.

Quanto custa abrir um restaurante prato feito?

Com cerca de R$ 10 mil Reais já dá para começar trabalhar nesse ramo, porém se você chegou até aqui querendo saber como montar um restaurante prato feito com uma estrutura melhor, talvez seja necessário aplicar cerca de R$ 20 a R$ 40 mil Reais iniciais. A maior parte desse investimento será destinada a compra de equipamentos para seu restaurante, mas também terá gastos com a legalização do negócio, contratação de pelo menos mais um funcionário, aluguel do ponto comercial e várias outras coisas não menos importantes.

Como montar um prato feito para vender?

Ter um cardápio definido é muito importante para você que ainda não sabe como montar um restaurante prato feito em sua cidade. Geralmente a melhor opção em todo caso é pesquisar em sua cidade para verificar os tipos de alimentos que compõem um prato desse tipo, tendo assim uma noção do que seus futuros clientes poderiam gostar, mas eu fiz aqui um pequeno resumo com alguns alimentos que podem compor o seu cardápio de prato feito:

Feijão de caldo e feijão tropeiro

Arroz

Carne cozida e frita

Frango

Macarrão

Salada

Lógico que é só um exemplo de cardápio para servir, porém você deve fazer sua própria análise para saber dos clientes o que eles desejam e assim você poderá começar a preparar ou não esses alimentos para sua clientela. Em um restaurante de prato feito você poderá vender marmitex também, para aquelas pessoas que desejam levar para casa, então é uma forma de aumentar as suas vendas.

Restaurante de prato feito dá dinheiro? Vale a pena montar?

Assim como a maioria dos negócios no ramo alimentício, a venda de pratos feitos também é um negócio que gera lucro, porém você só conseguirá atingir esse patamar se oferecer alimentos de qualidade, fidelizar seus clientes e procurar maneiras de crescer seu negócio sempre no mercado local. Dessa forma, é bem provável que você consiga um faturamento na faixa dos R$ 5 mil Reais mensais com um restaurante de pequeno porte.

A verdade é que o seu faturamento dependerá de vários fatores de mercado, mas o importante é saber que vale muito a pena trabalhar com a venda de alimentos hoje em dia e eu acredito sinceramente que você tem tudo para se tornar um grande sucesso aí em sua cidade.

Screenshot_1 Rechaud Inox 1 Cuba Banho Maria Brinox
Por: R$ 599,40 à vista
ou 10x de R$ 59,94 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 569,43 à vista

Fonte: montarumnegocio.com.

Confira outros produtos no nosso site: www.catral.com.br.
Zé Catral

Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 2 de outubro de 2014.

Comentários [0]

Com uma gestão pautada em sempre ouvir seus clientes, a marca Famiglia Mancini já começou bem: dois dias antes de abrir o restaurante, em maio de 1980, o empresário Walter Mancini marcou folhas de papel com as palavras ‘críticas’, ‘sugestões’ e ‘elogios’, e colocou sobre as mesas.

 

 

“O dono do negócio não consegue observar tudo. Por isso precisa da ajuda dos outros, para saber o que acontece quando ele está dormindo, quando ele não está olhando”, afirma Mancini. “A coisa mais importante é deixar o cliente se manifestar, permitir que os funcionários falem o que pensam, pedir ajuda para todo mundo. Eu não mudo a cor de uma parede sem consultar, pelo menos, 20 pessoas.”

 

E com essa visão, nos últimos 30 anos, além da cantina Famiglia Mancini, o empresário criou o Walter Mancini Ristorante, a Pizzaria Famiglia Mancini, a lanchonete Central 22, o restaurante de pescados Madrepérola e o piano-bar Camarim 37, além da galeria e loja de arte Calligraphia. Todos os estabelecimentos ficam na Rua Avanhandava, no centro de São Paulo, e recebem juntos uma média de 50 mil clientes por mês.

 

Sem nenhuma formação acadêmica, Mancini aprendeu tudo com a vida e, claro, com seus clientes e funcionários. “Os meus negócios são fruto da inteligência coletiva, são ideias pensadas por muitas cabeças.”

 

Foi ele quem criou uma “vitrine de comidas” para servir petiscos por peso, popularizou o uso do marketing cultural e fez dos cartões-postais um tipo valioso de divulgação. Atualmente, são enviados cerca de 6 mil cartões mensalmente, o que custa mais ou menos R$ 10 mil, mas é recompensado pela grande frequência de turistas em seus restaurantes.

 

Walter Mancini, em 2006, percebendo que a degradação do centro de São Paulo poderia atrapalhar os negócios, organizou a reforma da Rua Avanhandava, com o auxílio da operadora Visa e da Prefeitura, e transformou a área em bulevar.

 

Quando foi perguntado sobre o motivo das suas empresas estarem sempre lotadas, Mancini disse repetir a mesma resposta há 30 anos: “Eu vendo o lugar, o instante, a emoção”. Mesmo vários críticos gastronômicos dizendo que a massa da Famiglia Mancini é mole demais, tem molho demais, o empresário afirma: “Só faço o que o público gosta”.

 

Sempre cheia de filas, a sua cantina recebe os clientes com petiscos – e ninguém parece se importar com a espera. E, às vezes, Mancini conversa com os clientes, pergunta se está tudo bem. “Você tem que gostar do que faz. Quando cria um negócio, precisa perseguir o seu sonho, e não a moeda. O dinheiro é consequência.”

 

Você se inspirou na história da marca Famiglia Mancini e quer abrir a sua empresa? Na Catral Você encontra todos os equipamentos de automação que precisa!

 

Balança Eletrônica 15Kg com Impressora Integrada Prix 4 Uno Com RS 485 Toledo
Por: R$ 2.549,00 à vista
ou 10x de R$ 254,90 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 2.421,55 à vista

 

Confira outros produtos no nosso site: http://www.catral.com.br/.
Zé Catral

Fonte: PME.
Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 25 de janeiro de 2013.

Comentários [0]

Com a rotina das grandes cidades, as pessoas tem cada vez menos tempo para preparar refeições em casa. Pensando nisso, vários empreendedores estão investindo na abertura de restaurantes self service, muito procurados por o preço variar de acordo com o apetite do cliente.   E esse negócio pode ser cada vez mais lucrativo, se o investidor planejar bem a sua abertura. Confira algumas dicas para montar um restaurante self service aqui.

 
Zé Catral
 
Fonte: Franquia Empresa
Foto: King’s Burger

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 9 de outubro de 2012.

Busca
Mais consultados
Conheça o nosso site
Vídeos
Curta nossa Fanpage
Siga-nos no Twitter
Ofertas exclusivas por e-mail