Comentários [0]

Panificadoras terão até setembro de 2015 para trocarem seus fornos por aparelhos regulamentados pelo Inmetro. Saiba mais aqui.

 
Zé Catral
 
Fonte: Alimentação Fora do Lar
Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 28 de setembro de 2012.

Comentários [0]

Consultoria GS&MD – Gouvêa de Souza apresenta estudo “Alimentação Fora do Lar na Visão do Consumidor Brasileiro” e mostra mapa das lojas de alimentação fora do lar, com crescimentos e expectativas. Confira aqui.

 
Zé Catral
 
Fonte: Food Service News
Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 28 de setembro de 2012.

Comentários [0]

Os restaurantes espanhóis estão sempre no topo das listas de melhores restaurantes do mundo. Entre os nacionais, podemos citar o D.O.M., especializado em comida espanhola, e o renomado  El Celler de Can Roca, localizado em São Paulo. Aliás, a capital, famosa por sua diversidade gastronômica, está ficando cada vez mais com sabor espanhol. É possível encontrar com certa facilidade um restaurante espanhol.

Podemos dizer que os restaurantes espanhóis estão na moda, e São Paulo nos dá inúmeras opções de estilo. Comer a tradicional paella pode sair, dependendo do restaurante, por até R$ 11. Que tal incluir alguns pratos típicos no cardápio do seu restaurante? Dos tradicionais aos estilizados, eles podem ser o diferencial do seu restaurante.

As famosas tapas não podem faltar, assim como a paella. Sardela, horchata, huevos, pisto manchego, gaspacho, bacalhau e zarzuela são apenas algumas das opções dentre as quais você pode incluir no seu menu e fazer a alegria de seus clientes.

Seguir essa tendência paulista pode te render muitos frutos, afinal pratos hispânicos te ajudam a lucrar e fidelizar ainda mais clientes. Invista e fature.

 
Zé Catral
 
Fonte: Perfecta.
Foto: Divulgação.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 27 de setembro de 2012.

Comentários [1]

O que fazer com esse calor que não passa?

A Catral apresenta o Ar Condicionado Split Wall 12.000 BTUs Frio Garden, da Gree, marca com reconhecimento mundial. O aparelho diferencia-se por sua perfeita combinação de design e economia de energia já que, além de manter todas as características e diferenciais dos nossos aparelhos Splits Hi Wall, ainda possui selo Procel A.

Com cinco anos de garantia para o compressor, o Ar Condicionado Split Wall possui funções de degelo inteligente e desumidificação independente, função turbo, sistema de auto limpeza e fácil limpeza da saída de ar, quatro velocidades de ventilação e sofisticado controle remoto.

Precisa de mais? Passe agora na Catral e garanta o seu!

Ar Condicionado Split Wall 12.000 BTUs Frio Garden Gree
Por: R$ 1.149,00 à vista
ou 10x de R$ 114,90 iguais sem juros
Pagamento no Boleto: R$ 1.091,55 à vista

 

 
Zé Catral
 
Fonte: Gree
Foto: Divulgação
 
*Os valores se referem à data da postagem e podem sofrer mudanças sem aviso prévio.

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 26 de setembro de 2012.

Comentários [0]

A primavera começou e o verão está batendo na porta. Está na hora de preparar seu cardápio para essa estação quente e alegre. Confira aqui 18 receitas de drinques com a bebida certificadamente brasileira.

Zé Catral
 
Fonte: Comida IG
Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 26 de setembro de 2012.

Comentários [0]

Limpeza é fundamental para atrair clientes e causar boa impressão em qualquer área, especialmente em lojas de alimentação fora do lar. Em alguns casos, vale a pena contratar uma empresa terceirizada. Saiba mais sobre o assunto aqui.

 
Zé Catral
 
Fonte: Food Service News
Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 25 de setembro de 2012.

Comentários [0]

As lojas de frios estão em amplo crescimento, apesar da forte concorrência dos supermercados. Enfrente-a diversificando sua oferta de produtos! Confira aqui como montar a sua empresa.

 
Zé Catral
 
Fonte: Novo Negócio
Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 25 de setembro de 2012.

Comentários [0]

As cafeterias são a nova onda do Brasil. Não param de aparecer novas lojas, a preocupação com a evolução é constante e a busca por conhecimento não pode parar nunca, já que a cada dia as tendências mudam e novas técnicas surgem. Como garantir o sucesso do seu negócio? Quatro empresários brasileiros contaram como alcançaram o topo e o máximo de qualidade.

Seja no Lucca Cafés Especiais, de Curitiba (PR), no Café do Mercado, de Porto Alegre (PR), no Café Kahlúa, de Belo Horizonte (MG), ou no Café Cristina Colina da Pedra, de Brasília (DF), a missão é a mesma: manter o padrão de qualidade, investir nos funcionários e evoluir sempre. A prioridade é sempre o café e as bebidas à base do grão, já que, em cada uma dessas casas, a porta de entrada do produtor é a mesma do consumidor. “Não servimos sequer um chocolate quente. O consumidor de café, aqui ou na China, é fiel à qualidade. Esse é o nosso público: o que vai para tomar um bom café”, afirma Pedro Silveira Lisboa, proprietário do Cristina.

O Lucca Cafés Especiais participa de consórcios com casas de cafés brasileiras e estrangeiras, o que facilita na hora de comprar grãos especiais e oferecer aos clientes cada vez mais diversidade e qualidade. “O consórcio é uma concorrência saudável e, para quem é pequeno, é a única forma de adquirir esses cafés. Isso é legal também para mostrar a importância da torra. Cada um vai dar o seu perfil de sabor ao grão”, conta Georgia Franco de Souza, proprietária do Lucca.

Clovis Althaus Jr., do Café do Mercado, prefere trabalhar com nomes certificados pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), mas precisou brigar para que a instituição não vendesse todo o café bom e comercializasse-o no Brasil. Manter o padrão de qualidade é missão da casa. Clovis investe pesado no treinamento da equipe e, durante muitos anos, foi responsável pela realização de um campeonato estadual de barismo.

Ruimar de Oliveira Junior, barista e sommelier, estava atento ao mercado externo quando, em 1993, abriu o Kahlúa, tornando a casa ponto de encontro do público gourmand apaixonado por cafés e charutos. Para Ruimar, não existem segredos: “É um negócio personalíssimo, estou no dia a dia, 24 horas ligado, sei tudo o que acontece aqui dentro, e gosto do que faço”. Junior luta ativamente pela regulamentação da profissão do barista, fundamental ao serviço do café.

Pedro entrou no mercado de Brasília em 2004, como torrefador e abriu a primeira cafeteria dois anos depois, como vitrine do seu produto. Na empresa, todos, mestre de torra, proprietário e baristas, participam dos processos de mistura e torra dos cafés. Por meio de um processo de qualidade batizado de barista report, esses funcionários fazem uma avaliação sensorial das amostras e dão um feedback ao mestre. Todos fizeram curso de cupping com a especialista Márcia Yoko Shimosaka, ajudando-os a desenvolver os sabores e a aperfeiçoar a torra dos cerca de 5 mil kg de café/mês. Para Pedro, “a avaliação torna-se mais objetiva. Não se trata mais da minha opinião. Os baristas são responsáveis por isso também”.

Com todas as novidades, os consumidores ganham um terceiro lugar para frequentar, além da residência e do trabalho. Para Clovis, “a cafeteria substituiu o boteco, tornando-se um lugar de encontro e de descanso. O público quer ter um lugar que seja referência em qualidade, ‘uma cafeteria para chamar de sua’, parafraseando nosso amigo Erasmo Carlos”. O diferencial é a paixão pelo café, que supera um simples interesse empresarial.

 
Zé Catral
 
Fonte: Revista Espresso
Foto: Divulgação

Ofertas válidas somente para a data da publicação. Data: 24 de setembro de 2012.

Página 1 de 41234
Busca
Mais consultados
Conheça o nosso site
Vídeos
Curta nossa Fanpage
Siga-nos no Twitter
Ofertas exclusivas por e-mail